A Casa do Penhasco

18 Comments

A Casa do Penhasco | Agatha Christie | Mistério | L&PM Pocket | 2011 | 224 pág | ⭐⭐⭐⭐
Sinopse: Uma semana de férias no ensolarado litoral da Cornualha... Esse parecia ser o cenário perfeito para coroar o fim da brilhante carreira do detetive Poirot, ao lado de seu inseparável companheiro, o capitão Hastings. No entanto, o clima de tranquilidade é quebrado quando eles conhecem a srta. Buckley, uma jovem de ar rebelde e herdeira da Casa do Penhasco, que diz ter escapado da morte diversas vezes nos últimos dias. Seriam meros acidentes? Ou haveria alguma explicação sinistra por trás disso? Empolgado, Poirot decide abandonar os planos de aposentadoria e volta à ativa para mais um intrigante caso que testará todas as suas habilidades.

O Detetive Belga, de férias em um luxuoso hotel com seu parceiro, o capitão Hastings, está se sentindo velho e cansado e já auto-intitulado aposentado, se depara com uma clara tentativa de assassinato. A senhorita Nick Buckley é uma mulher solteira, que, além de herdeira de uma enorme mansão no alto de um penhasco, tem personalidade alegre, inteligente e querida por todos que a conhecem. Recentemente a jovem tem sofridos pequenos acidentes quase que fatais e, o ultimo, onde imaginava uma abelha zunindo em seu rosto na verdade era uma bala cruzando a aba de seu chapéu.


Poirot então decide entrar no caso e descobrir quem está por trás desses acidentes que poderiam ter tirado a vida da Srta Nick. Confesso que achei a trama um tanto quanto diferente, e talvez se deva ao fato de eu ainda não estar acostumada com a escrita da Agatha, mas temos uma até então tentativa de assassinato, e só no meio do livro tem de fato um assassinato.

No livro somos apresentados a trama e à teia de personagens que a compõem, conhecendo seus defeitos, qualidades e motivos que os levariam a cometer tal crime, típico de um romance policial. A autora dá a possibilidade de vários suspeitos terem cometido o crime, e a partir de um ponto da história nos direciona a apenas um suspeito, contudo, não foi este quem cometeu o crime. A narrativa é em primeira pessoa, sobre o ponto de vista do capitão Hastings, que, como um amigo de Poirot acaba sempre dando opiniões sinceras sobre o jeito de ser e agir exibido do parceiro.

Achei a história desse livro um pouco fraca comparando com as outras que tive da autora, mas talvez isso se deva ao fato de que parte dela é de reflexões de Poirot sobre a vida e sobre o quanto ele vê que o caso está sendo difícil de se resolver, ele se vê encurralado e muitas vezes sendo enganado pelo assassino. Mas a boa notícia é que o bem sempre vence e é o que acontece na trama.


A edição pocket é bem simples, com fontes e espaçamentos reduzidos, mas com folhas do miolo em offwhite o que não dificultou nem um pouco a leitura. Pra um livro adquirido na black friday por R$10,00 não tenho o que reclamar.

No mais, acho que é um livro muito pouco falado da Agatha Christie, mas que também merece destaque aqui nesse cantinho.


You may also like

18 comentários:

  1. Oi, Thamiris como vai? Eu li este livro e concordo com você que, este livro é sim o mais fraco da Agatha Cristie dos que eu li. O livro é bom, mas se for comparado com outros da autora este deixa a desejar. Adorei a resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. gosto de conhecer mais livros da Agatha, pena que essa história seja mais fraca

    www.tofucoloriodo.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Esse eu não li, mas olha, pelo que vejo, eu li apenas um do Poirot mas é uma série maior do que os livros que tenha aqui dele HEHEHEHE
    Uma pena que a história seja fraca, mas o bom é que é curtinha e ainda assim vocÊ conseguiu aproveitá-la :D
    que venham mais leituras!

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  4. Oi Thamiris, interessante que é um livro com mais reflexão do protagonista. Eu ainda não li, mas pretendo ler mais Agatha esse ano porque o que eu já conferi amei.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eu ainda não li nada da autora mas, quero conhecer algum trabalho dela. Gostei da sinopse e da resenha apesar de saber que achou a história um pouco fraca comparado com as outras.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amei sua resenha, ainda não conhecia esse livro, nem as outras obras dessa autora. Mas, uma pena ele ser meio fraco.

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Thamiris.
    Eu como sou fã declarada do Poirot, amei esse livro hehe. Gostei de ver ele sendo enganado por tanto tempo hehe. E fui enganada também hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Porque sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos !!

    Meu Blog: Resultado Loterias

    ResponderExcluir
  9. Oie,
    FIquei super curiosa quanto a esse livro, gosto muito do gênero. Li Agatha há muitos anos atrás e não me recordo como é a escrita dela.
    Ótima resenha!
    Beeijo!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  10. Eu amo os livros da Agatha Christie e o Poirot é o meu detetive favorito dela. Uma pena que tenha achado essa história um pouco mais fraca, mas só de ser da diva, já vale a pena, né?!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  11. Mais Agatha Christie e eu com mais vontade de ler livros dela kk.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  12. Olá, Thamiris

    Eu DETESTO o Poirot. Acho ele um dos personagens mais pedantes da literatura. Assassinato no Expresso do Oriente foi um dos piores livros que li na vida e por isso não sinto vontade de ler mais nada da autora

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro Agatha Christie, foi uma das autoras que fizeram parte da minha formação como leitor, adoro os livros do Poirot e tenho vontade de ler todos (apesar de já ter me decepcionado com alguns).
    Infelizmente autores com muitos livros publicados sempre acabam tendo uma obra com qualidade inconsistentes e por isso sempre tem uns livros muito mais interessantes que outros...

    ResponderExcluir
  14. Oi Thamiris!
    Eu adoro os livros da Agatha, já li esse há algum tempo. Não é um dos meus top favoritos dela, mas gostei bastante! Adoro os casos do Poirot.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Thami,
    Eu conheço as histórias da Agatha mais pelas adaptações seja filme ou série.
    O Poirot já conheci via os dois e simpatizo bastante com as peculiares dele.
    Uma pena que não tenha sido uma leitura tão proveitosa, já peguei um livro dela assim tb, super fraco.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  16. Oi Thami,
    Quem mais me incentiva a ler Agatha Christie é a Carolzinha do A Colecionadora de Histórias, a Sil do Prefácio também elogia bastante as obras dela e até o momento eu só li 1 livro. Infelizmente, não gostei tanto do Poirot, então estou com um pé atrás a continuar as leituras... Uma pena, mas ainda não desisti!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Thami!
    Eu gosto muito das edições da LP&M. Já li algumas obras da Agatha Christie, mas esse, em específico, nunca li. Foi bom você dizer que essa é um pouco fraca porque assim dou atenção às outras obras.

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir

| Blog Misto Quente | Siga no Instagram | Curta no Facebook |