#ClubeVagalume - A Turma da Rua Quinze

by - 03 abril

Título no Brasil: A Turma da Rua Quinze
Autor: Marçal Aquino
Gênero: Mistério, aventura, suspense
Editora: Ática
Ano da Edição: 1991
Nº de Páginas: 109

Sinopse: O desaparecimento de um amigo leva a turma da rua Quinze a investigar um casarão suspeito, onde vive um homem estranho. Procurando informações, eles acabam se envolvendo com uma perigosa quadrilha.

Nota:



Eu estou só amores por esse clube de leitura que me proporciona tanta experiência legal! O livro escolhido de março foi A Turma da Rua Quinze, um clássico da coleção vagalume e também considerado o melhor livro da série. Esse foi meu segundo contato com o autor Marçal de Aquino e eu só confirmei minha admiração por ele.


O livro é narrado em 3ª pessoa e conta a história de um grupo de amigos que moram na rua quinze e em seu entorno que, após o sumiço inexplicável de Marcão, um integrante da turma, resolvem investigar uma mansão recém ocupada por um cara muito estranho de uma cicatriz horrorosa no rosto. Aventuras indo e vindo, vemos cenas de comédia, ciúmes e brigas (a mais hilária foi a do término de uma partida de futebol onde rolou uma confusão muito feia com socos e pontapés).


De uma narrativa fluida e de fácil compreensão, o que é importantíssimo para prender os jovens na leitura, esse foi o livro que eu li mas rápido! Foi ele completo em uma só sentada, junto de uma boa xícara de café. É o tipo de leitura que te prende do início ao fim, fazendo com que você queira resolver junto com os meninos o mistério que envolve a mansão e o sumiço de Marcão.

Sobre o Autor


Marçal Aquino (Amparo, 1958) é um jornalista, escritor e roteirista de cinema brasileiro. Trabalhou como revisor, repórter e redator nos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal da Tarde. Faz roteiros para o cinema, tendo atuado como consultor no IV Laboratório de Roteiros Sundance/RioFilme, a convite do Sundance Institute, dos E.U.A., em 2002. Como roteirista, mantém com o cineasta Beto Brant, uma parceria que já rendeu sete longas-metragens. Além de adaptar seus próprios livros, Marçal roteirizou obras de outros escritores, como Lourenço Mutarelli. Para a televisão, escreveu, ao lado de Fernando Bonassi, a série Força Tarefa, da Rede Globo.

Sobre o Clube Vagalume

É um clube de leitura cujo objetivo é redescobrir e matar saudades dos livros da coleção vagalume que fez tanto sucesso com jovens da década de 70, 80 e 90. O grupo é composto atualmente por 11 leitores e, todo mês um leitor é responsável por escolher um clássico da coleção para a leitura coletiva. São estipuladas datas para leitura e discussão e, além de trocarmos fotos e informações, também fazemos grandes amizades.

Participantes:

@uma_leitora_soteropolitana (Ivana) | @universodetalita (Talita) | @universoaleziano (Alessandra)
@blogmistoquente (Thamiris) | @priblogxeretando (Lissa) | @cantinhodaninna (Nina) 
@enilasales (Aline) | @coffewithbooks_ (Carla) | @penseiradavania (Vânia)

You May Also Like

15 Comentários

  1. Muito bom! Adorava os livros da série vagalume. Lia muito na época de escola. Bons momentos...saudades!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Que bacana, que post nostalgia. Adorei a dica

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro surpreendente. Nunca o li.
    Bom final de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Esses livros são um clássico, né? Lia muito na escola!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Thami,

    Esses livros devem ser maravilhosos! Tenho uma amiga que ama demais essa coleção.
    Quem sabe eu não me aventuro um dia? rs.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  6. Fiquei com um certo interesse em ler, mas penso que esse livro não foi editado em Portugal... 😟

    ResponderExcluir
  7. Eu li praticamento todos esses livros da Série Vagalume na época da escola. Alguns gostei e outros não, mas foram ótimas experiências. Inclusive a primeira vez que eu realmente viajei numa história foi aos 9 anos quando li A Ilha Perdida. Lembro com carinho até hoje.
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Olá, Thamiris.
    Esse é um dos meus livros favoritos da série vagalume. Eu acho que li ele umas dez vezes hehe. E tenho aqui uma edição bem velhinha dele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um livro incrível! A leitura deve ser muito divertida.

    Ótimo post!
    >>> https://blogjulianarabelo.blog/

    ResponderExcluir
  10. os livros da vagalume sao pura nostalgia, eu acabei doando tds os meus

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  11. Oi, Thami!

    Que legal esse clube Vagalume que vocês montaram! Gosto de leituras do estilo, esse em questão me lembrou bastante das obras que eu lia nas aulas da escola, parece ser bem legal!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Thami,
    Seus posts do clube Vagalume enche meu coração de amor, porque é uma nostalgia!
    Eu lia taaaanto na época de escola... AI AI AI. Me lembra da época em que frequentava a biblioteca *-*
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Verdade, leituras fluidas e e fácil compreensão consegue prender bem os jovens na leitura rs Ahhhh ler livros enquanto bebe café é bom demais! haha
    Eu gostei bastante das ilustrações que o livro contém, me chamou bastante a atenção.

    https://itslizzie.space/

    ResponderExcluir

| Blog Misto Quente | Siga no Instagram | Curta no Facebook |