A Menina Submersa: Memórias [Resenha do Livro]

Título no Brasil: A Menina Submersa: Memórias
Autor: Catlin R. Kiernan
Gênero: Fantasia, horror e ficção científica.
Editora: DarkSide
Ano da Edição: 2015
Nº de Páginas: 320

Sinopse: Com uma narração intrigante, não linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico.


Nota:


Tá aí meu primeiro darkside lido, e confesso que ainda estou digerindo essa leitura que foi um desafio tremendo. Uma coisa que posso afirmar é que ou você ama ou você odeia esse livro, pois definitivamente não é para todos os gostos.

Na história, Imp é uma jovem de 24 anos que perdeu sua avó e sua mãe vítimas de suicídio devido uma doença que também possui: a esquizofrenia. Ela então decide escrever sobre todos os seus anseios, pensamentos, histórias de fantasmas, sereias e lobisomens, com personagens reais e/ou fictícios que deixa o leitor pensativo sobre o que aconteceu na realidade e o que foi só imaginação de Imp. Dentro do livro vemos os contos escritos pela personagem principal, além de uma obsessão por Eva Canning, uma mulher que apareceu em sua vida e que deixou, além de muitas dúvidas, um rastro de destruição na mente de Imp. O livro tem uma narrativa devagar, sufocante, assombrosa, insana, pesada, massante, as vezes até repetitiva demais devido a condição da protagonista.

É difícil fazer uma resenha desse livro devido a sua complexidade. Eu curti muito a leitura, e até me identifiquei algumas vezes com a personagem principal, o que me rendeu muitos quotes que pretendo trazer em um post separado. É, definitivamente, uma trama que desafia a compreensão.

E o que falar dessa edição minha gente? Capa dura, com muitos detalhes entre as páginas e capítulos, veio com marcador de páginas, desenho para colorir e aquele cetim que também marca as páginas.

15 comentários:

  1. Pois é... A Dark sempre capricha nas edições, né?
    Eu não tenho essa, apenas a versão mais simples.
    Porém, fico babando para ter essa na estante. E ler, sem dúvidas.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau, essa capa arranca suspiros, né? Linda demais! Ainda não conheço esse livro, mas fiquei bem interessada em ler!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Acho essa edição tão linda, mas nunca li a história. Na verdade também pouco ouvi falar sobre esse livro. Adorei saber que você gostou!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, Thamiris.
    Esse foi o primeiro livro que comprei da DarkSide e amei a edição. A capa é incrível. Mas infelizmente terminei o livro e se você me pedir para explicar o que acontece eu não sei dizer. Achei muito confuso hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Não conhecia o livro, me pareceu interessante! Essas capas da DarkSide são tão lindaaaas <3
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um livro incrível.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  7. Acho que não vou colocar esse na listinha, estou em uma fase de livros mais leves e simples sabe.

    Thamiris, vou para a Califórnia na segunda e vou postar toda a viagem no Instagram - @lookday - fotos no feed, muitos stories das lojas, restaurantes, cidades, praias...Se quiser me acompanhar por lá.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Thamiris.
    Parece uma leitura bem desafiadora, instigante.
    Talvez não seja meu tipo de leitura favorita, mas acredito que eu poderia gostar.
    A realidade e ficção parecem ficar meio entrelaçadas e difícil de separar.
    Bela resenha.
    Abraços.
    Diego || Visite Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  9. a dark arrasa demais nas edições, adorei conhecer esse livro, fiquei bem interessada em ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thamiris

    Realmente, pelo que eu leio nas resenhas, ou é 8 ou é 80. Eu li muito mais resenhas negativas do que positivas, a maioria reclama da confusão da história.
    Que bom que no seu caso a coisa toda funcionou, vou ficar aguardando a postagem das quotes.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Thami!

    Primeiramente, adorei o blog natalino hahaha esse livro parece mesmo bem complexo, mas achei a ideia da autora genial, usar um protagonista esquizofrênico é uma tarefa bem complicada, e pelo visto ela soube construí-la de uma forma muito boa!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Thami,

    A Dark arrasa nas edições, é uma das melhores editoras ♥
    A história do livro em si não me chama muito atenção, mas da vontade de ter só pela capa.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  13. Muito bom! Seu blog é muito bom mesmo, estou amando ler os seus artigos..

    Já salvei seu Blog em meus favoritos.


    Estou amando seu blog ❤️


    Meu Blog: Loteria dos Sonhos de Hoje

    ResponderExcluir

Retribuo todos os comentários aqui deixados!
Não esqueça de seguir nosso Instagram ~> @miiistoquente.