Leitura Coletiva de Julho


           Eis que criei coragem e caí dentro do meu primeiro projeto de leitura coletiva, e nada mais justo do que começar com a série que fez parte da minha infância e que fez com que eu despertasse interesse pela leitura. Lembro bem que minha mãe me deu alguns livros da Coleção Vaga-lume, ela havia lido no colegial, quando era adolescente, e queria que eu tivesse a mesma experiência. Outros, a esposa do meu tio quem me deu também quando eu era criança. E, com esse projeto, vou reler algumas obras e sofrer uma nostalgia intensa, e conhecer novos livros também.

           O projeto tem duração de 6 meses (julho a dezembro), e o objetivo é ler 02 livros por mês, sendo que nesse mês como forma de fazer alguns ajustes, valos ler somente 01 livro, e fazer a discussão depois. Quem quiser participar ainda dá tempo, é só me enviar um direct no instagram.

           O livro escolhido desse mês foi Sozinha no Mundo do Marcos Rey, e, após a releitura trago hoje a resenha deles pra vocês.

Título: Sozinha no Mundo
Autor: Marcos Rey
Gênero: Amizade, mistério, suspense
Editora: Ática
Ano da Edição: 1984

SinopseMarcos Rey, em Sozinha no Mundo, coloca o leitor, desde o início do livro, diante de uma realidade dura e difícil - uma morte, uma criança sozinha. - "Pimpa, curiosa para ver a mulher recalcitrante, levantou-se. Assim podia espichar as pernas, depois de horas de estrada. Bastou porém sair da poltrona para que o corpo de dona Aurora, como um manequim, pendesse para o lado. (...) Não adianta nada, filho. Esta senhora está morta". Corajosa e sem saída, fugindo de uma assistente social, Pimpa sai em busca de "tio" Leonel. Encontrá-lo é sua única chance. No final, Marcos Rey surpreende seu leitor, depois de deixá-lo, durante toda a leitura, apreensivo com a situação de Pimpa.

Nota:
           Mesmo sendo um antigo clássico da literatura nacional, ainda consigo ser surpreendida pelas histórias de Marcos Rey e facilmente encantada pela sua escrita. Sozinha no Mundo conta a história de Pimpa, uma garota que, em viagem para São Paulo, descobre que sua mãe morreu no ônibus em meio a viagem. As duas estavam em busca de Tio Leonel, um primo de seu pai que as ajudava financeiramente todo mês. Após o ocorrido com sua mãe, corajosamente com medo, Pimpa parte sozinha (na companhia de Lila, sua provável oncinha de pelúcia) na busca pelo seu tio e no caminho conhece pessoas incríveis (e outras nem tanto) e vive aventuras de tirar o fôlego.

           Entre os personagens cativantes e que tiveram considerável importância para o desenvolvimento da trama estão Noel, um garoto apaixonado por cinema e tudo relacionado as filmagens. Eu não sei vocês, mas eu comecei a torcer pelo casal (mesmo sendo novos) desde o início da leitura rsrs. Mas a minha personagem favorita de toda a trama foi sem sombras de dúvidas é Marina, uma menina que mora num pensionato para moças mesmo durante as férias e que, com a mesada que recebe dos pais separados gasta a maioria em livros e comida (eu na vida). Também temos o pessoal do circo e a família de dona Berenice e os irmãos de Noel, todos muito fofos!

           A vilania fica por conta de uma falsa assistente social do juizado de menor que persegue pimpa por todos os cantos da cidade grande com o intuito de raptá-la. O motivo? Vocês só vão saber se lerem o livro! *suspense* Mas uma coisa eu garanto a vocês, Pimpa encontra Tio Leonel de um jeito nada convencional e quase tem sua vida tirada, se não fosse a coragem dessa menina não teríamos um final feliz.

           Outro ponto que com certeza merece destaque é o fato de Marcos Rey retratar em um capítulo uma passeata feminista, em pleno ano de 1984 já víamos mulheres lutando pelos seus direitos com afinco, e do jeito tradicional.

           O livro é bem curtinho, dando pra ler em uma tarde. A leitura é toda narrada pelo escritor que descreve com leveza o ponto de vista e as reações dos personagens, o que é perfeito para um livro infanto-juvenil.
           Espero que tenham gostado da mini resenha de hoje. O que acham da iniciativa desse projeto? Eu pessoalmente estou gostando bastante! Um abraço a todos e até o próximo post!

18 comentários:

  1. Oi.
    Eu quase nunca leio infantos juvenis mas amei a premkssa desse.
    Fico feliz que tenha conseguido partitkcar de leitura coletiva. Para mim é um lance impossível.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oiie.
    Eu fico feliz que tenha conseguido entrar em uma leitura coletiva. Eu particularmente acho impossível.
    Quanto ao livro. Nunca li. Mas gosto da temática mesmo sendo infanto que não faz meu estilo.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Parece ser bem interessante :)

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Que projeto legal! Eu estou justamente procurando algum tipo de leitura coletiva para fazer hehehe. Achei bacana isso de você pegar leituras que te marcaram em outra época ☺ Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  5. Que legal, acho que nunca tinha ouvido falar desse livro. Gostei da história.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie,

    Adoro projeto de leitura, pena que nunca participo de nenhum.
    Gostei do livro escolhido.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  7. AAAA! Adoro livros feministas. E ver que esse de 1984 já retratava algo assim, me anima muito. Olha que não conhecia a obra!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Que fofa! Eu to participando de uma leitura coletiva pela primeira vez também e gostei bastante da experiência! Com relação a esse livro, não conheço, mas já gostei por relatar movimentos feministas! ^^
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  9. Olá, Thamiris.
    Adorei esse projeto. Essa série acho que foi a percussora na vida de muitos leitores. Eu até comprei alguns livros recentemente, do Marcos Rey que era meu favorito. Esse foi um dos primeiros que li e tem um cantinho especial no meu coração.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. nossa que nostalgia! na minha adolescência eu li TODOS esses livros do marcos rey dessa serie! amava demais!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  11. Oi, Thami!

    Acho que li já li algum livro do autor na época de escola, mas confesso que não lembro qual foi. Gostei muito da premissa desse, parece ser forte e com um toque de mistério. Fiquei curiosa pra ler!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo projeto. Adorei a resenha.
    Bom final de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Estamos em Hiatus de Inverno e retornaremos dia 09 de agosto, mas não deixaremos de acompanhar seu blog.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  13. Amei a resenha, me deu uma vontade enorme de voltar a ler os livros dessa coleção.
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Infanto juvenil é amor demais, amo esse gênero, leria com certeza!


    www.coisasdepriscila.com
    Instagram l SORTEIO
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Oiieee

    Bateu uma nostalgia forte agora, saudade desses livros. O projeto é bem legal, sorte com ele.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  16. Esses livros proporciona uma nostalgia tão boa. Adorei os livros que você selecionou!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia esse livro e que amor *_* me interessei.
    Esses projetos literários são tão maravilhosos, né?

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir

Retribuo todos os comentários aqui deixados!
Não esqueça de seguir nosso Instagram ~> @miiistoquente.